Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Todas notícias
Opiniões
Pela dignidade dos Pais da Independência de Angola
Não tenho mandato da UNITA nem da família Savimbi para falar sobre isso, mas enquanto cidadão, julgo ser importante e urgente que os governantes angolanos acordem, de uma vez por todas e entendam que Angola é de todos os que nela nasceram, incluindo Jonas Malheiro Savimbi.
********************
O Contributo dos Partidos Políticos na Manutenção e Preservação da Cultura de Paz e na
Defesa do Interesse Nacional - Por Isaías Samakuva
Ao longo dos últimos 40 anos, o conceito de paz no nosso país esteve sempre associado à ausência de guerra. Os mais novos ficaram ainda mais limitados na sua compreensão da paz nacional pelo facto da História oficial que lhes é ensinada, consagrar apenas a dimensão militar de uma das fases do conflito sociopolítico e cultural que opõe certos poderes e interesses instalados em Angola.
********************
Mentira histórica sobre batalha do Cuito Cuanavale (Por Lourenço Bento)
Para fazer valer o sofisma sobre uma tal batalha do Cuito Cuanavale, rolou pela cabeça dos estrategas de guerras dos gabinetes, a ideia de instituir o 23 de Março, como dia da libertação da SADC. A razão adjacente à referida proposta está ligada à pretensão de que no dia 23 de Março de 1988, as FAPLA teriam inflingido uma suposta derrota às forças do exército sul africano
********************
A Incerteza do Panorama Politico Angolano - Carlos Kandanda
A incerteza é uma situação cujas características são complexas, difíceis de descortinar devidamente, para que seja viável prever com clareza o seu desenvolvimento, e tomar medidas apropriadas, capazes de corresponder bem aos desafios decorrentes do futuro. Ou seja, a incerteza é uma situação possível, mas que não se sabe se vai ocorrer, como vai ocorrer, onde vai ocorrer, e em que medida vai alterar o status quo. No fundo, a incerteza é um quadro obscuro, com um panorama menos ilustrativo, incapaz de dar previsibilidade.
********************
Entrevistas
“O Bolo, se fosse bem dividido, chegaria para todos”
ANGOLA. O bispo de Benguela, António Jaca, disse hoje que em África continuam a falhar princípios como a defesa da dignidade humana ou a promoção do bem comum, considerando que o silêncio sobre estas questões é um dos problemas do continente.
********************
Portugal deve pedir desculpas às ex-colónias
O Governo português há muito devia apresentar desculpas às antigas colónias, pelo longo período de escravatura, defendeu ontem, em Luanda, o nacionalista e ex-deputado à Assembleia Nacional Diogo Ventura.
********************
"A UNITA defende a eleição directa do Presidente"
Em entrevista ao Jornal de Angola, o presidente do grupo parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, defende a eleição directa do Presidente da República, que hoje é eleito "à boleia das listas da Assembleia Nacional".
********************
Isaías Samakuva: “Estamos num momento de transição para uma nova era em Angola”
O país africano vive um momento histórico frente as próximas eleições, que marcarão o rumo que tomará o Governo angolano para sair da crise actual
********************
Clique aqui -->
CONTRIBUIÇÕES  E  DOAÇÕES
***

Angola é um País independente constituído em Estado de Direito e Democrático, mas os Angolanos continuam escravos de um regime político que faz das potencialidades económicas do País a base de sustentação da sua sobrevivência, vedando as possibilidades de acesso a todos os meios do Estado permitidos por lei para o exercício da oposição.

Esta atitude nefasta do regime pode pôr em causa a democracia e o retorno do País ao estado partidarizado.

A luta pela sobrevivência da liberdade e da democracia em Angola é um dever de cidadania no qual todo o Angolano patriota deve se rever e participar.

Os Estatutos da UNITA abrem assim a possibilidade de todos participarem deste exercício de cidadania, através de contribuições e doações. Estas contribuições e doações estão abertas a fundações, empresas, associações e a pessoas em nome individual que podem fazê-las chegar
ao Partido pelos seguintes meios:

1- Núcleos de Base
2- Comités Locais, Comunais, Municipais ou Provinciais do Partido;
3- Secretariado Nacional de Gestão de Quotas do Partido;
4- Cobradores individuais devidamente credenciados para o efeito;
5- Depósito bancário numa das seguintes Contas de Quotas do Partido:


BFA
1284094630001-KZ 1284094631001-USD - UNITA PARTIDO POLITICO

BCI
6019530/10/001-KZ 6019530/15/001-USD - UNITA-UNIÃO NACIONAL
PARA A INDEPENDENCIA TOTAL DE ANGOLA

BPC
0001-339825-011-KZ 0001-339825-005-USD - UNITA QUOTAS

Informações adicionais:

Telefones: 923519913 - Secretária Nacional de Gestão de Quotas
923404174 - Director Nacional de Gestão de Quotas
Emails: sofiapkm@gmail.com
kassapi@hotmail.com

Endereço:
Secretariado Nacional de Gestão de Quotas / Secretariado Geral do Partido
Bairro São Paulo - Rua Comandante Bula 71-73

A UNITA agradece desde já.

VAMOS CONSTRUIR PARA UMA ANGOLA PARA TODOS JUNTOS PODEMOS MUDAR

O SECRETARIADO NACIONAL DE GESTÃO DE QUOTAS
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Domingo, 20 de Janeiro de 2019