UNITA - ANGOLA
Fonte :
UNITAANGOLA
Líder da UNITA tranquiliza todos os membros de defesa, Segurança, e da Inteligência
Líder da FPU ACJ 1 30-04-2022.jpg
O Presidente da UNITA, Adalberto Costa Júnior, tranquilizou a todos membros de Defesa e Segurança, Polícia Nacional, Serviços de Inteligência com a tomada do poder desta, que constitui a maior força política na oposição angolana, quando falava no mês transato durante um grande comício realizado em Luanda, da abertura da Pré-Campanha da UNITA, na Capital do País.

“A todos aqueles que são membros de defesa e segurança, aos membros da Polícia Nacional, que fez um bom trabalho; excelente trabalho para nos ter aqui hoje; aos membros dos Serviços de Inteligência, os senhores fiquem tranquilos; nós pensamos Angola e os angolanos, Nós não vos vamos substituir, não. Não vamos. Nós não vos vamos substituir”, disse o líder partidário.

“Nós somos poucos, somos demasiado poucos para os desafios do desenvolvimento deste país, companheiros. Há lugar para todos. Há lugar para todos! Imaginem o que é: lista no Parlamento, lista no governo, lista nas administrações municipais, comunais; nos Governos Provinciais”.

“Lista dos Ministérios todos, nas Secretarias todas, por esse país fora; na Administração Pública Infinita. Vocês imaginam quantos angolanos todos são necessários? A formatação das Forças Armadas Angolanas Patrióticas não pode ser partidária, companheiros”.

Para Adalberto Costa Júnior, “nós não temos uma visão partidária das forças armadas, nunca poderíamos ter; nem da polícia; tem que ser republicana, tem que servir o angolano; tem que nos proteger a todos, por igual.

“Como é que podemos substituir? Só se fossemos loucos, nós loucos não somos, companheiros, de maneira nenhuma. Não tenham medo. Não tenham medo, aqui não tem os papões”, tranquilizou o Presidente da UNITA.

“Estão vos a meter medo, porque nós sabemos que o medo é aliado da incompetência. É, sim senhora. O medo é aliado da falta de capacidade governativa. O medo é aliado da desorganização, o medo é aliado da partidarização das instituições, sim. O medo é aliado da falta de ideias para governação. Porque é preciso ter ideias quando se governa, é preciso de ideia para fazer inclusão, em vez de exclusão”, defendeu o responsável da maior força política na oposição angolana.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Ex-Presidente da UNITA (2003-2019)
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2020
Segunda-feira, 27 de Junho de 2022