UNITA - ANGOLA
Fonte :
UNITAANGOLA
Mais uma vez a UNITA conta com o envolvimento da JURA, defende líder da UNITA
Preidente da UNITA, discursando no encerramento da II Reunião Ordinária da UNITA da Região Norte.JPG
O Presidente da UNITA que discursava recentemente na II reunião ordinária do Comité Nacional da JURA, da região norte, que encerrou no Domingo, 19 de Setembro do ano em curso, que se realizou em Luanda, no complexo Sovsmo em Viana, sob lema: “Cidadania, Unidade e Acção para a Vitória”, onde o líder do maior partido na oposição em Angola, disse na sua dissertação que, a UNITA conta com o envolvimento da JURA com o objectivo de ver realizada a alternância democrática do poder político em 2022 no país.

De acordo com as informações passadas pela organização da reunião, o encontro que decorreu durante três dias actualizou o estatuto da JURA revistos e aprovado no último Congresso da JURA, bem como os programas e desafios da juventude, em especial da JURA.

“A JURA foi sempre parte fundamental nas diversas etapas da nossa luta, nas diversas etapas da história do nosso país e, naturalmente, mais uma vez a UNITA conta com o envolvimento, com a dedicação com o trabalho e a mobilização da JURA, para que em 2022 Angola possa realizar o grande objectivo de ver realizada a alternância democrática do poder político no nosso país”, afirmou Adalberto Costa Júnior.

O líder da UNITA afirmou que, “estamos a menos de 1 ano das futuras Eleições gerais no nosso país, e hoje colocam-se, fundamentalmente, dois grandes desafios à juventude, nesta sua contribuição para a preparação e a vitória da alternância nas eleições, no seu envolvimento no trabalho do registo eleitoral, que o país vai começar dentro de muito poucos dias”.

“Apelamos a que todos os angolanos, todos mesmo, mesmo aqueles que têm o seu cartão de eleitor são obrigados a actualizar esse cartão”, o responsável, acrescentado que, “o registo é a etapa mais importante da preparação de um país para as suas eleições. E, nós esperamos que todos, mas todos mesmos, vão actualizar o seu cartão de eleitor”.

Na ocasião, o Presidente da UNITA apelou a JURA – Juventude Unida Revolucionária de Angola, a envolver-se na mobilização individual para o registo, de seus familiares, vizinhos, amigos, bem como o registo de membros da sua comunidade.

“A JURA vai envolver-se na sua própria mobilização individual para o registo; vai registar os seus familiares, das suas residências; e vai ajudar a promover o registo dos seus vizinhos, dos seus amigos, dos membros da sua comunidade; porque, o registo é fundamental para podermos ter o exercício soberano de termos eleições no próximo ano, e a possibilidade de todos poderem votar”.

Falando sobre a Lei Orgânica sobre as Eleições Gerais, que o Presidente da República devolveu a Assembleia Nacional para a sua reapreciação, o líder do segundo partido mais representado no Parlamento Angolano, disse que, “a expectativa do país é que sejam expurgados dos conteúdos desta lei os aspectos conflictuosos, os aspectos não transparentes, os aspectos que não promovem igualdade de oportunidades”.

“É nossa expectativa que, de facto, a Assembleia Nacional assuma com patriotismo a possibilidade de ter uma lei eleitoral universal que, não beneficie ninguém, e que seja um referente que, responda os desafios que a própria comunidade da SADC nos direcciona”, realçou Adalberto Costa Júnior.

Para o responsável da UNITA, “É hora, como temos dito, de continuar a trabalhar fora dos gabinetes, de nos envolvermos efectivamente na mobilização do cidadão para o registo, e todos nós, de nos envolvermos na garantia da segurança do voto nas futuras eleições de 2022”.

“Angola merece, e Angola é capaz, e apesar dos desafios da legislação que temos, queria deixar aqui uma palavra absolutamente firme e segura, que os aspectos que continuam presentes na lei, permitem que uma organização rigorosa, possamos fazer a alternância no nosso país”.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Ex-Presidente da UNITA (2003-2019)
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2020
Terça-feira, 28 de Setembro de 2021