UNITAANGOLA
Fonte : KUP
“Vamos continuar com manifestações, vigílias”, afirma Activista
Posto-de-Emissão-do-Bilhete-de-Identidade.jpg
O activista Miguel Kimbenza terá sido detido por algumas horas esta Segunda-feira, 23 de Dezembro, de 2019, na sequência da vigília que pretendia realizar por três dias, no Largo 1º de Maio, centro da capital, Luanda, contra a subida dos emolumentos para a emissão do Bilhete de Identidade e Certificado do Registo Criminal, e confirmou a comunicação social que a sua detenção é uma declaração à guerra contra o Presidente da República.

“A luta não pára. Eu penso que o Presidente João Lourenço declarou guerra. A minha detenção é declaração à guerra. E, posso garantir aqui que o Presidente João Lourenço encontrou um adversário número 1 na sociedade civil”.

O activista garante também que se vai manifestar, contrariar publicamente com relação as más políticas de governação do Presidente João Loureço, ressaltando ainda que, “Enquanto ele (Presidente da República) estiver no poder e a criar essa má governação, má gestão; más políticas públicas que não favorecem, não ajudam o bem-estar da condição social e económica do cidadão angolano, eu vou-me manifestar”.

Para o jovem activista, “O Presidente João Lourenço tem um adversário número 1 da sociedade civil. Miguel Kimbenza assume na primeira pessoa que hoje veio um adversário na sociedade civil. Por isso a luta não pára, continua”.

Miguel Kimbenza assegura a continuidade dos protestos.

“Vamos agora ver os próximos passos, como é que poderão ser dados. Vamos continuar com manifestações, vigílias para contrariar esta alta de taxas de emolumentos para a segunda via do Bilhete de Identidade, assim também como para a emissão do certificado do Registo Criminal”.

“Porque não se pode compreender, um documento que custa 7.480 Kwanzas para fins particulares. E, quando estamos a dizer fins particulares vamos encontrar inúmeras actividades desde serviços, há uma série de situações que não vamos aqui fazer referência, porque isso pesa no bolso do cidadão. Nós temos em Angola cidadãos que ganham 15.000 Kwanzas mês, tem cidadãos angolanos que ganham 20.000 Kwanzas mês, 35.000 Kwanzas”, acrescentou.

www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quinta-feira, 09 de Abril de 2020