UNITAANGOLA
Fonte : KUP
CPLP aconselha valorização de Línguas Nacionais no Ensino
Secretário-de-Estado-para-o-Ensino-Técnico-Profissional-BAPTISTA-DE-JESUS (1).jpg
A integra√ß√£o das l√≠nguas nacionais no ensino, o refor√ßo e valoriza√ß√£o do potencial humano das crian√ßas, independentemente da sua proveni√™ncia religiosa, racial, √©tnica e lingu√≠stica constituem as principais recomenda√ß√Ķes sa√≠das do semin√°rio de forma√ß√£o de professores da CPLP, terminado ontem, em Luanda.

Segundo o portal da Angop, o encontro que ocorreu nos dias 12 a 14 deste m√™s, visou a promo√ß√£o e diversifica√ß√£o das teorias e m√©todos de ensino, do portugu√™s como ‚Äúsegunda l√≠ngua‚ÄĚ tendo orientado tamb√©m que se melhore os n√≠veis de escolaridade e de qualifica√ß√£o, bem como a necessidade de se trabalhar na educa√ß√£o inclusiva com a participa√ß√£o das fam√≠lias e da comunidade.

Os participantes defendem ser preciso ter-se em consideração a realidade sociolinguística de cada país, de forma que os professores sejam enquadrados, de acordo com a especificidade linguística das suas respectivas localidades.

O encontro recomendou ainda que os professores do ensino primário adquiram conhecimentos metodológicos, científicos actualizados sobre o ensino do português, de modo que contribuam para a qualidade do ensino deste, enquanto língua oficial e meio de divulgação de saberes e valores.

Na óptica dos seminaristas, é importante que haja professores do ensino primário que dominem a língua gestual, de modo a tornar a escola mais inclusiva e participativa, assim como se deve oficializar a língua portuguesa a profissão de tradutor de língua gestual.

Quanto aos conte√ļdos do ensino prim√°rio, defende-se que sejam sistematizados e significativos, tendo o aluno como centro do processo de ensino-aprendizagem, de maneira a desenvolver a sua capacidade comunicativa.

Nesta ordem de ideia, o secret√°rio de Estado para o Ensino T√©cnico Profissional, Jesus Baptista, referiu, ao intervir na sess√£o de encerramento, ser fundamental proporcionar condi√ß√Ķes necess√°rias para que os alunos em situa√ß√£o de aprendizagem do portugu√™s como ‚Äúsegunda l√≠ngua‚ÄĚ venham a ter o dom√≠nio desta, por formas a inserirem-se na sociedade e ter participa√ß√£o plena nas ac√ß√Ķes de cidadania.

www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opini√Ķes
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicac√£o e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
¬©  Copyright 2002-2013
Sexta-feira, 22 de mars de 2019