UNITAANGOLA
Fonte : KUP
Aluno é preso no Bié por ser militante da UNITA
Bié 15 de Outubro de 2018.png
Pinto Epalanga, estudante da escola Samuel Lussaty, foi preso e levado, recentemente para a Comarca do Kuito, por motivações políticas.

Conhecido como militante da UNITA, o jovem que se dirigia para a sala de aulas quando foi interpelado no corredor da instituição foi encontrado com uma camisola de propaganda debaixo da camisa, constituindo o facto motivo suficiente para ser algemado, por agentes da polícia e conduzido à cadeia, alegadamente por ordens de Marcolino Tchimano, director escolar.

Fontes próximas informaram que Marcolino Tchimano e seu irmão Justino Amâncio, ambos militantes do MPLA são vistos com frequência a usarem propaganda do partido no poder e nunca foram incomodados pelo facto.

Na óptica das nossas fontes, a prisão do estudante Pinto Epalanga é um acto de intolerância política, que não se ajusta à nova conjuntura política, em que o MPLA se diz predisposto a corrigir o que está mal e a melhorar o que está mal.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018