UNITAANGOLA
Fonte : KUP
Manuais devem ser elaborados com base na realidade do País
Manuais -Livros.jpg
Os futuros manuais escolares devem ser elaborados com base na realidade local, cujos conteúdos elevam o país no contexto das nações, recomendaram, terça-feira, no Dundo, Lunda Norte, os participantes no encontro de apresentação da proposta da Política do Livro Escolar.

Os conteúdos de livros escolares de Geografia e de história, principalmente, devem reflectir a realidade local, tratando dos aspectos territoriais, a divisão e localização geográfica, bem como a demografia, origem, hábito e costumes dos habitantes da região ou local do aluno.

Os professores apelaram a necessidade da importância da sequência lógica dos conteúdos na elaboração dos livros para o ensino primário, I e II ciclos do ensino secundário com a perspectiva para o ensino superior.

Os manuais e os programas para as línguas estrangeiras devem enfatizar a fonética, com o objectivo de facilitar a pronúncia e consequentemente o aperfeiçoamento da competência comunicativa dos alunos, ficando a parte técnica da língua para níveis avançados do ensino.

Foi igualmente defendida a contribuição dos escritores angolanos na elaboração do manual escolar, sobretudo para aquelas obras que abordam factos relevante do país, bem como a produção de cartilhas que facilitam na aprendizagem da língua nacional cokwe.

Os livros de disciplinas de carácter experimental devem ter em conta as actividades experimentais que correspondam os objectivos com os respectivos conteúdos.
www.unitaangola.org
C:\Mes Sites\Unitaangola29122013\UNITAANGO_WEB\coqUNITA.jpg
Opiniões
 Publicidade
Obra de Isaías Samakuva
Entrevistas
Facebook Youtube Twitter Contacto
Subscreva Newsletter
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018