Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Acordos
Data Ocasião Autor
20/11/1994 Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
04/04/2002 Memorando de Entendimento Complementar ao Protocolo de Lusaka UNITA, MPLA
Todas notícias
Opiniões
“A paz é imperativa para continuarmos a ter Angola” (Por Jonas Savimbi, 1975
Jonas Savimbi dava o exemplo de não temer o povo: envergando o velho camuflado de guerrilheiro, deixaria o aeroporto num carro de turismo de tejadilho aberto, percorrendo o trajecto até o palácio entre alas de populares que não se cansavam de ovacionar.
********************
Pela dignidade dos Pais da Independência de Angola
Não tenho mandato da UNITA nem da família Savimbi para falar sobre isso, mas enquanto cidadão, julgo ser importante e urgente que os governantes angolanos acordem, de uma vez por todas e entendam que Angola é de todos os que nela nasceram, incluindo Jonas Malheiro Savimbi.
********************
O Contributo dos Partidos Políticos na Manutenção e Preservação da Cultura de Paz e na
Defesa do Interesse Nacional - Por Isaías Samakuva
Ao longo dos últimos 40 anos, o conceito de paz no nosso país esteve sempre associado à ausência de guerra. Os mais novos ficaram ainda mais limitados na sua compreensão da paz nacional pelo facto da História oficial que lhes é ensinada, consagrar apenas a dimensão militar de uma das fases do conflito sociopolítico e cultural que opõe certos poderes e interesses instalados em Angola.
********************
Mentira histórica sobre batalha do Cuito Cuanavale (Por Lourenço Bento)
Para fazer valer o sofisma sobre uma tal batalha do Cuito Cuanavale, rolou pela cabeça dos estrategas de guerras dos gabinetes, a ideia de instituir o 23 de Março, como dia da libertação da SADC. A razão adjacente à referida proposta está ligada à pretensão de que no dia 23 de Março de 1988, as FAPLA teriam inflingido uma suposta derrota às forças do exército sul africano
********************
Entrevistas
“O Bolo, se fosse bem dividido, chegaria para todos”
ANGOLA. O bispo de Benguela, António Jaca, disse hoje que em África continuam a falhar princípios como a defesa da dignidade humana ou a promoção do bem comum, considerando que o silêncio sobre estas questões é um dos problemas do continente.
********************
Portugal deve pedir desculpas às ex-colónias
O Governo português há muito devia apresentar desculpas às antigas colónias, pelo longo período de escravatura, defendeu ontem, em Luanda, o nacionalista e ex-deputado à Assembleia Nacional Diogo Ventura.
********************
"A UNITA defende a eleição directa do Presidente"
Em entrevista ao Jornal de Angola, o presidente do grupo parlamentar da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, defende a eleição directa do Presidente da República, que hoje é eleito "à boleia das listas da Assembleia Nacional".
********************
Isaías Samakuva: “Estamos num momento de transição para uma nova era em Angola”
O país africano vive um momento histórico frente as próximas eleições, que marcarão o rumo que tomará o Governo angolano para sair da crise actual
********************
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Segunda-feira, 20 de Maio de 2019