Subscreva Newsletter
UNITAANGOLA
Todas notícias
Opiniões
Belmiro Chissegueti e Mauricio Kamuto, as vozes que clamam no deserto - António Correia
Dom Belmiro, Dom Maurício Kamuto são duas celebridades modernas que a Igreja Católica angolana ganhou nos finais de 2019-2020, aquando dos seus chamados para apascentar o Seu rebanho.
********************
Virgílio Samakuva lança livro sobre Escola de Jonas Savimbi por uma Angola Melhor
A ideia de elaborar e produzir este documento, surgiu como resultado das minhas reflexões em volta do meu próprio dia a dia vivido desde certo momento. Se, ao longo do tempo fui tomando algumas notas sobre os acontecimentos que directa ou indirectamente me afectaram a mim e ao meio em que vivia, foi a partir de um momento particularmente inesquecível,
********************
Objectos políticos nacionais invisíveis está pior - Severino Carlos
De acordo com Severino Carlos, que escreveu nesta Sexta-feira, 19 de Fevereiro de 2021, na sua página do Facebook, sobre a inédita conferência que o trio realizou ontem passou completamente ao largo das agendas e pautas da imprensa pública e pára-pública.
********************
Assassinatos em Cafunfo: João Lourenço e o seu silêncio ensurdecedor - Manuel Cornélio
A par da situação económica, social e política que o país está submerso, acontecimentos há que nos levam a refletir sobre uma percepção strictu sensu e prevermos o futuro, uma vez que entramos na fase do mata-mata da política déspota que culminará com o sufrágio eleitoral protagonizada pelos partidos políticos da nossa praça em 2022, diga-se.
********************
Entrevistas
 â€œA CASA-CE quase desapareceu do debate político”-Manuel Fernandes
Segundo publicou-o Club-K na sua edição desta Quarta-feira, 24 de Fevereiro de 2021, o deputado Manuel Fernandes entra para a história da CASA-CE como o terceiro presidente da coligação, depois de Abel Chivukuvuku e André Mendes de Carvalho. Em entrevista ao Jornal de Angola, o político enquadra a sua indicação, por quatro dos seis partidos da coligação, com a necessidade de mudança na liderança, para propiciar “novos métodos de trabalho e uma maior dinâmica na organização”.
********************
É hora de salvar a Cultural – Álvaro Macieira
O artista plástico angolano Álvaro Macieira alertou ao Executivo para a necessidade da aplicação de medidas de apoio à classe artística, durante o contexto de pandemia, a fim de prevenir novos desempregos e salvar os fazedores de cultura.
********************
"Em Angola, o próprio chefe de Governo incentiva a corrupção": Adalberto da Costa Júnior
Eleito presidente da UNITA em Novembro de 2019, Adalberto Costa Júnior teve tudo menos um primeiro ano normal como líder da oposição em Angola, devido às consequências da pandemia de covid-19, que permitiu ao Governo adiar mais uma vez a criação das autarquias. Num ano de muita contestação pública da acção do Presidente João Lourenço, os protestos são, para Adalberto Costa Júnior, um sinal da crise que faz com “haja fome em Luanda”, algo que se sentia no resto do país, mas não na capital, diz.
********************
Grande entrevista ao Jornal Vida Económica
Presidente da UNITA defende criação de autarquias e alternância no poder “Angola continua a ter um governo marxista-leninista” “A UNITA é o partido da alternância democrática e pretende fazer a mudança após um longo ciclo de poder do MPLA em Angola nos últimos 45 anos - considera Adalberto Costa Júnior. Em entrevista à “Vida Económica”, o presidente da UNITA defende uma evolução pacífica para dar resposta às aspirações dos angolanos, com um poder menos concentrado e a criação de autarquias locais livremente eleitas.
********************
Clique aqui -->
CONTRIBUIÇÕES  E  DOAÇÕES
***

Angola é um País independente constituído em Estado de Direito e Democrático, mas os Angolanos continuam escravos de um regime político que faz das potencialidades económicas do País a base de sustentação da sua sobrevivência, vedando as possibilidades de acesso a todos os meios do Estado permitidos por lei para o exercício da oposição.

Esta atitude nefasta do regime pode pôr em causa a democracia e o retorno do País ao estado partidarizado.

A luta pela sobrevivência da liberdade e da democracia em Angola é um dever de cidadania no qual todo o Angolano patriota deve se rever e participar.

Os Estatutos da UNITA abrem assim a possibilidade de todos participarem deste exercício de cidadania, através de contribuições e doações. Estas contribuições e doações estão abertas a fundações, empresas, associações e a pessoas em nome individual que podem fazê-las chegar
ao Partido pelos seguintes meios:

1- Núcleos de Base
2- Comités Locais, Comunais, Municipais ou Provinciais do Partido;
3- Secretariado Nacional de Gestão de Quotas do Partido;
4- Cobradores individuais devidamente credenciados para o efeito;
5- Depósito bancário numa das seguintes Contas de Quotas do Partido:


BFA
1284094630001-KZ 1284094631001-USD - UNITA PARTIDO POLITICO

BCI
6019530/10/001-KZ 6019530/15/001-USD - UNITA-UNIÃO NACIONAL
PARA A INDEPENDENCIA TOTAL DE ANGOLA

BPC
0001-339825-011-KZ 0001-339825-005-USD - UNITA QUOTAS

Informações adicionais:

Telefones: 923519913 - Secretária Nacional de Gestão de Quotas
923404174 - Director Nacional de Gestão de Quotas
Emails: sofiapkm@gmail.com
kassapi@hotmail.com

Endereço:
Secretariado Nacional de Gestão de Quotas / Secretariado Geral do Partido
Bairro São Paulo - Rua Comandante Bula 71-73

A UNITA agradece desde já.

VAMOS CONSTRUIR PARA UMA ANGOLA PARA TODOS JUNTOS PODEMOS MUDAR

O SECRETARIADO NACIONAL DE GESTÃO DE QUOTAS
Facebook Youtube Twitter Contacto
Todos os direitos reservados
Secretariado da comunicacão e Marketing da UNITA
União Nacional para Indepedência Total de Angola
©  Copyright 2002-2013
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2021